10 de maio de 2018

4 destinos no RS para passar o final de semana de Dia das Mães


Se você acredita que um bom passeio vale mais do que muitos presentes, você veio ao lugar certo!
Com o dia das mães chegando, que tal tirar o final de semana para conhecer locais diferentes – e não muito distantes – com a família?
Separamos 4 dicas de destino para visitar neste final de semana de dia das mães:

Foto: Opa’s Kaffeehaus

1. Um dia gastronômico em Nova Petrópolis
Por que visitar?
Uma praça dedicada somente ao cultivo de diversas espécies de flores, um labirinto verde, e casas em arquitetura enxaimel: somente pelo cenário bucólico do centro da cidade, Nova Petrópolis já vale a visita. Porém, muito mais do que isso pode ser aproveitado em um passeio pelo município que faz divisa com Gramado e Canela. 

O que fazer?
A colonização alemã deixou traços que continuam fortemente fazendo parte da cultura da região. Um deles – talvez o mais aprazível – é a gastronomia. Os famosos cafés coloniais fazem a felicidade de quem gosta de uma mesa farta, sempre com iguarias tradicionais como cucas, pães, geleias e folhados. 
Algumas dicas de restaurantes na cidade são o Colina Verde, que serve almoço típico alemão, o Opa’s Kaffeehaus e o Recanto dos Plátanos, ambos servindo café colonial.

Distância:
Partindo de Garibaldi, Nova Petrópolis fica a 75,5 km de distância pela RS-452.

Foto: Caminhos do Sul

2. Sentindo-se nas alturas em São José dos Ausentes
Por que visitar?
São José dos Ausentes é o município mais alto do Rio Grande do Sul, com 1.403 m de altitude em seu pico mais elevado, o Monte Negro. Junto dele está o cânion que leva o mesmo nome. A vista proporcionada por essa paisagem singular garante motivos de sobra para querer visitar. 

O que fazer?
Visitar o Monte Negro é item obrigatório na lista de quem vai a São José dos Ausentes. O local fica a somente 43 km do centro da cidade, com acesso facilitado por uma estrada municipal, o que permite chegar de carro bem próximo do pico. A partir deste ponto, é possível caminhar pela borda dos paredões e apreciar a vista maravilhosa em trilhas curtas e sem grandes dificuldades.

Distância:
Partindo de Garibaldi, São José dos Ausentes fica a 215 km de distância pela Rota do Sol.

Foto: Trekking RS

3. Uma tarde de contato com a natureza no Salto Ventoso
Por que visitar?
Pertencente a Farroupilha, o Parque Salto Ventoso oferece uma estrutura para que os visitantes possam apreciar quedas d’água belíssimas, percorrer trilhas em meio à natureza de forma segura e descansar sob a sombra em quiosques, desfrutando de um almoço ou piquenique. Um passeio para curtir com toda a família.

O que fazer?
Existem várias estradas que levam ao parque, em poucos minutos. Chegando lá, é necessário pagar uma taxa para entrar e desfrutar da estrutura feita para os turistas. Pode-se alugar um quiosque por um valor bem acessível. No local, é oferecido almoço para quem desejar passar o dia ali. Mas, o maior atrativo, ainda, são as trilhas que percorrem a gruta que formam a cachoeira, que possui um formato de meia lua. É possível passar por trás da queda d’água através de uma passagem construída rente ao paredão.

Distância:
Partindo de Garibaldi, o Salto Ventoso fica a 15 km e meio de distância pela BR-470.

Foto: Raízes da Arquitetura

4. Conhecer o cenário do filme O Quatrilho em Antônio Prado
Por que visitar?
Antônio Prado é considerada a cidade mais italiana do Brasil. E isso se deve ao conjunto arquitetônico de casarões remanescentes no centro da cidade, que datam da época da colonização italiana. O acervo soma 48 edificações tombadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), que foi cenário do filme O Quatrilho. 

O que fazer?
Percorrer o centro a pé e observar as casas antigas é um agradável passeio para se fazer em família. Hoje, muitos deles funcionam como comércio, mas mantendo suas estruturas muito bem preservadas. 
Além disso, estar na cidade pede também uma visita à Estação do Trigo, um memorial da empresa Nordeste Alimentos, e à Comunidade da Linha 21 de abril, onde também pode-se fazer uma viagem ao tempo através da nostalgia dos antigos casarões.

Distância:
Partindo de Garibaldi, Antônio Prado fica a 83 km de distância pela RS-448.

E aí? Já escolheu seu destino? Não esqueça de deixar seu comentário!

CONTATO

Rua Jacob Ely, 498 | Sala 04 | Garibaldi, RS 54 3462.1108 (54) 9 9990 1108 contato@spader.eng.br